Mais de 5.000 já recebem nossos e-mails! Receba Também.

4 coisas que um Auxiliar de Saúde Bucal estão inaptos a fazer conforme a legislação

0

A profissão de Auxiliar de Saúde Bucal exige muita dedicação e conhecimento. Por isso, o profissional deve estar sempre atento e atualizado realizando capacitação adequada em instituições reconhecidas para ter uma certificação e, pode atuar na área conforme manda a legislação. Além disso, a capacitação também pode melhorar sua colocação no mercado de trabalho, com qualidade e diferencial para conseguir atingir os objetivos na carreira e na vida pessoal, tendo uma melhor remuneração.

Para entender mais sobre a profissão do Auxiliar de Saúde Bucal (ASB) , separamos algumas das funções que não cabem a ele no atendimento ao paciente, conforme a legislação da categoria.

Conheça as quatro principais coisas que um Auxiliar de Saúde Bucal está inapto a fazer:

Atuar sem certificação adequada

Para atuar como Auxiliar de Saúde Bucal, é necessário realizar capacitação adequada, para que não haja irregularidades e para que o profissional exerça sua função de forma correta sem causar danos a sua saúde e a do paciente. O Auxiliar de Saúde Bucal tem uma função muito maior que organizar arquivo e auxiliar o profissional de odontologia, uma vez capacitado, ele pode manipular e desenvolver ações que visam a melhoria do consultório. Por isso, o profissonal deve realizar a certificação adequada, em instituições reconhecidas, para que possa executar sua tarefa na conformidade da lei no laboratório e/ou consultório.

Para conhecer mais sobre alguns cursos na área disponíveis no mercado, você pode pesquisar pela rede. Atualmente há algumas instituições que oferecem esses cursos, para capacitar, certificar e regulamentar a profissão de Auxiliar de Saúde Bucal.

Trabalho autônomo

O profissional da área de ASB tem que ter em mente algumas regras importantes, para que não prejudique a sua carreira e sofra penalidades. Uma delas, é que não é permitido o trabalho autônomo. Como prestador de serviços, ele deve atuar juntamente com um especialista odontológico, para que este possa orientá-lo durante a rotina, pois a sua função é de “auxiliar”, não é um especialista em odontologia.

Propaganda de seus serviços

Por questões de segurança e ética, a legislação da profissão de Auxiliar de Saúde Bucal não permite que o profissional da área faça propaganda de seus serviços, em meios de comunicação e veículos especializados na área odontológica, mesmo que seja certificado para atuar na área, pois não é permitido na legislação da profissão.

Realizar intervenção na cavidade bucal do paciente

Não é permitido ao Auxiliar de Saúde Bucal realizações de intervenções na cavidade bucal do paciente, pois este trabalho compete ao profissional especializado em odontologia que possui total conhecimento e capacitação para tal. Além disso, o Auxiliar de Saúde Bucal deve prestar assistência ao paciente durante o atendimento odontológico, somente com a supervisão de especialista na área como cirurgião-dentista e técnico em Saúde Bucal. Quando acompanhado do profissional, o Auxiliar de Saúde Bucal pode auxiliar na instrumentação e manipular alguns materiais.

O profissional deve ficar atento as dicas para não haver desconformidade com a lei vigente da área e poder atuar de forma segura obtendo sucesso na carreira. Se desejar buscar mais informações e entender melhor a lei que regulamenta a profissão, você pode ler uns de nossos artigos sobre esse assunto!

Você conhece algum ASB que atua de maneira errada com relação a legislação? Compartilhe sua opinião e experiência com a gente!

Para poder explorar mais do universo da profissão do Auxiliar de Saúde Bucal, faça o download do nosso e-book sobre o assunto!