Mais de 5.000 já recebem nossos e-mails! Receba Também.

Anatomia Bucal: O que o ASB precisa saber

0

ASB precisa saber

ASB precisa saber

Lábios, dentes, gengiva, língua, bochechas, palato duro, palato mole. Basicamente é essa a composição da anatomia bucal de todos os indivíduos. E a sua composição é de conhecimento da grande maioria das pessoas, já que a cavidade bucal é bem visível.

O básico é de conhecimento geral, mas as pessoas que atuam em prol da saúde bucal dos indivíduos devem ter um conhecimento mais aprofundado sobre o assunto, além das partes em que a boca é dividida.

E quando falamos de pessoas que atuam em prol da saúde bucal, não estamos nos referindo somente aos dentistas. Toda a equipe odontológica deve contar com conhecimentos acerca das estruturas bucais. Ainda mais nos tempos da atualidade, em que os pacientes fazem toda uma pesquisa antes de procurar pelos profissionais da saúde.

E nos consultórios e clínicas odontológicas, a primeira pessoa que o paciente irá se deparar e questionar não será o cirurgião-dentista, e sim o Auxiliar de Saúde Bucal (ASB). Não ficará uma situação muito confortável se o paciente souber mais que o profissional.

Não queremos dizer que o ASB deve ter conhecimento sobre tudo que diz respeito à Odontologia, mas ao menos os aspectos relacionados a anatomia e saúde bucal dos pacientes. E quando não souber, sem problemas. Basta falar ao paciente que saberá a resposta o mais breve possível. Deixa-lo em dúvida, e com a confiança abalada quanto ao profissional escolhido, não está entre as opções.

Por isso preparamos este artigo para mostrar as informações básicas que o ASB precisa saber sobre a Anatomia Bucal. Acompanhe:

Início do sistema digestivo

É na cavidade bucal que tem início o sistema digestivo dos indivíduos. Ao colocarmos os alimentos na boca, os dentes iniciam a sua função neste sistema. E cada grupo deles apresenta uma função específica, que o ASB precisa saber.

Os dentes incisivos servem para cortar os alimentos, os pré-molares para o processo de trituração, e os molares para a chamada pulverização dos alimentos, quando estes se tornam minúsculas partículas antes da formação do bolo alimentar. Aqui lembramos que os indivíduos adultos costumam contar com 32 dentes (sendo 12 molares, contando os quatro sisos; oito incisivos, oito pré-molares e quatro caninos).

Ainda se tratando do sistema digestivo, a língua tem grande contribuição. É com ela que conseguimos mover os alimentos e fazer sua trituração adequada. É também por meio dela e suas papilas gustativas que as pessoas conseguem sentir o gosto dos alimentos. A língua é o músculo mais forte do organismo humano.

O ASB precisa saber sobre as partes limitantes da cavidade bucal

Entre outras questões que o ASB precisa saber, são os limites da cavidade bucal. Os limites laterais são as bochechas, o inferior é o assoalho da boca, no qual a língua está ligada.

Já o limite superior da cavidade bucal está no palato duro – mais conhecido como céu da boca -, e mole – parte posterior onde está localizada a úvula e os arcos palatoglosso e palatofaríngeo, antes da chegada do istmo da garganta. Também há o limite frontal com os lábios.

Glândulas salivares

A saliva exerce função importantíssima na boca das pessoas, e não somente para ajudar no seu sistema digestivo. O ASB precisa saber a importância da saliva para a saúde bucal de seus pacientes.

Ela ajuda na limpeza natural dos dentes, evitando o aparecimento de cáries, e também evita o mau-hálito. Desde, é claro, que os cuidados com a higiene sejam mantidos regularmente. A produção de salivas na cavidade bucal só é possível devido às glândulas salivares, que compõe a cavidade bucal.

São diversos os grupos de glândulas salivares, e elas são divididas em sublingual, submandibular e a parótida, a maior delas.

Essas são questões básicas sobre a anatomia da boca que o ASB precisa saber. É claro que existem outras estruturas, e ainda a dinâmica delas que devem ser apreendidas. Mas isso requer estudos por parte do Auxiliar de Saúde Bucal, ou a experiência ao atuar ao lado do dentista. Saiba mais em nosso blog.