Mais de 5.000 já recebem nossos e-mails! Receba Também.

Como o auxiliar de dentista pode tornar o consultório mais sustentável

0
Como o auxiliar de dentista pode tornar o consultório mais sustentável

A sustentabilidade é uma preocupação crescente. Os recursos naturais estão cada vez mais comprometidos pela ação humana. E você, está fazendo a sua parte para ajudar o planeta? Se não sabe por onde começar, nós ajudamos! No post desta segunda-feira, confira como o Auxiliar em Saúde Bucal (ASB) pode tornar o consultório mais sustentável.

São pequenas atitudes que podem fazer grande diferença!

Consultório mais sustentável? É pra já!

  • Separe e recicle o lixo

O Brasil é o 4º país que mais produz lixo no mundo, de acordo com o Fundo Mundial para a Natureza (WWF). São 11.355.220 toneladas – e apenas 1,28% é reciclada.

Ainda no nosso país, como mostram dados do Banco Mundial, mais de 2,4 milhões de toneladas de plástico são descartadas de forma irregular, sem tratamento e, em muitos casos, em lixões a céu aberto.

Para não contribuir com esse cenário crítico e deixar o consultório mais sustentável, separe o lixo e dê a destinação correta a ele. Papel, plástico e até equipamentos eletrônicos podem ser reciclados.

Outra sugestão é usar sacos de lixo biodegradáveis para o descarte.

  • Trate o lixo hospitalar da forma correta

Ainda falando de lixo, cuide adequadamente o hospitalar. Resíduos de procedimentos odontológicos podem causar danos ao solo e contaminar pessoas. Além disso, existe a possibilidade de ferir os lixeiros.

  • Reduza o consumo de água e de energia elétrica

Economizar água e energia elétrica também é importante. Para isso, o ASB pode, por exemplo, sugerir ao dentista a utilização de lâmpadas de LED e sensores de movimento na salas de consulta.

Usar iluminação natural e desligar os refletores quando possível também são atos que fazem a diferença. Quanto à água, que tal começar evitando o desperdício nas cuspideiras?

  • Evite o consumo de papel e de produtos descartáveis

Um copo plástico pode levar de 250 a 400 anos para desaparecer. É muito tempo! No consultório, ofereça outras opções para água e café.

Já quando fizer compras, prefira produtos com embalagens biodegradáveis. Por fim, converse com o dentista sobre a possibilidade de substituir a agenda de papel.

Hoje, existem softwares completos para dentistas, que, além do serviço de agenda, ajudam nas finanças e na comunicação com os pacientes.

Desafio da sustentabilidade

Por dia, dezenas de pessoas circulam no seu ambiente de trabalho. Não custa gentilmente lembrá-las de que a torneira pode e deve ficar desligada durante a escovação dos dentes.

Através de dicas simples, comece a estimular bons hábitos nos pacientes e nos colegas de trabalho. E por que não no chefe também?! A gente sabe que muitas sugestões que demos acima dependem da aprovação dele.

Então, considere tudo isso um desafio! Se você conhece mais alguma forma de deixar o consultório mais sustentável, conte nos comentários. Nós vamos adorar saber! Até a próxima!