Mais de 5.000 já recebem nossos e-mails! Receba Também.

Auxiliar de Saúde Bucal: confira 4 dicas para você e o dentista prestarem um atendimento de qualidade

0

O trabalho conjunto do Auxiliar de Saúde Bucal e dentista é essencial para aumentar, devolver ou manter qualidade de vida do paciente. Afinal, um problema na região bucal pode prejudicar seriamente a saúde de uma pessoa. Muitas pessoas acabam evitando os consultórios odontológicos por uma série de motivos, entre eles medos injustificados e também receios de atendimentos ruins.

Por isto, se você e o dentista responsável pelo consultório querem reter o paciente em seu consultório, conquistando sua confiança, veja quatro dicas para que vocês prestem um atendimento de qualidade:

Estude o caso previamente

Dedique um tempo antes de receber o paciente para estudar seu caso, analisando as radiografias e/ou outros materiais que podem ajudar no tratamento a ser realizado durante o atendimento. Dá uma sensação maior de confiança ao paciente quando ele entra no consultório e os profissionais já sabem o que deverá ser feito ou observado.

Além disso, diminui a ansiedade dele em relação ao procedimento que será realizado, já que ele não terá que esperar a análise das radiografias, a discussão entre vocês acerca do que será feito e a separação do material a ser utilizado. Isto também rende um ganho de tempo, evitando atrasos para os próximos pacientes.

Organize os materiais

Separar os materiais previamente, após o estudo do caso do paciente é importante para um atendimento de qualidade. Afinal, realizar um procedimento no qual o dentista tenha que pedir ao auxiliar materiais que não estejam previamente separados pode estender o tempo para que ele se encerre, podendo levar ao fim da anestesia e exigindo nova aplicação, aumento do tempo de duração e até mesmo risco de erros no tratamento.

Além disso, o trabalho é facilitado, diminuindo o estresse e garantindo uma qualidade melhor no serviço oferecido para o paciente. Lembre-se também que faz parte da organização do consultório eliminar os resíduos com o procedimento concluído, para deixar tudo limpo e organizado, o que dá uma sensação positiva para o paciente.

Acompanhe o paciente

O tratamento realizado no paciente não se limita apenas ao que foi feito no consultório. Os profissionais dessa área devem ter em mente que o procedimento começa antes do momento do tratamento e precisa haver um acompanhamento posterior. Caso isto não aconteça, pode acontecer um problema posterior que leve a reincidência do problema que levou a pessoa para o atendimento. Faça perguntas, incentive seu paciente a retornar para avaliações posteriores, não o deixe sem o acompanhamento necessário para evitar o retorno do problema.

Não deixe o paciente esperando

Evite que o paciente fique esperando o atendimento por muito tempo na sala de espera. Lembre-se que muitas vezes o paciente pediu algumas horas de afastamento do trabalho para poder realizar o procedimento.

O atraso por muito tempo acaba afastando o paciente do profissional, fazendo com que ele evite ao máximo a procurar o dentista, fazendo com que ele não faça a prevenção adequada para evitar problemas maiores. Isto será possibilitado pelo trabalho conjunto do dentista e do auxiliar em saúde bucal.

Você indicaria alguma outra dica para prestar um serviço de qualidade no consultório? Já passou por alguma experiência que ensinou você a melhorar seu atendimento? Conte para nós nos comentários!