Mais de 5.000 já recebem nossos e-mails! Receba Também.

Auxiliar ou técnico de saúde bucal: Qual escolher?

0

técnico de saúde bucal

Há diversas possibilidades de iniciar uma carreira na área da Odontologia. Mesmo as pessoas que concluíram somente o ensino fundamental podem contar com qualificações em saúde bucal e começar a atuar na área.

Duas qualificações que podem ser buscadas são para atuar como auxiliar ou técnico de saúde bucal. Para iniciar nessas profissões, é necessário realizar cursos de formação. Enquanto que para realizar o de auxiliar de saúde bucal basta o candidato ter concluído o ensino fundamental, para iniciar o técnico, o aluno precisa ter concluído, ou estar concluindo, o ensino médio.

Se a sua dúvida é em qual das duas carreiras deve seguir, vamos listar alguns pontos que podem lhe ajudar. Confira:

Tempo de estudos

Para atuar como auxiliar de saúde bucal (ASB), basta concluir um curso de formação. Esse geralmente pode ser realizado em um período mais curto que o de técnico de saúde bucal. Já que os cursos técnicos contam com uma carga horária mais extensa que os profissionalizantes.

O curso ASB deve contar com um mínimo de 300 horas de estudos, já o de técnico de saúde bucal demanda 1.200 horas para ser finalizado. O primeiro conta com cursos que podem ser realizados em seis meses, já o segundo um ano e meio.

Investimento diferenciado

Além do tempo de realização, os investimentos para realizar os dois cursos também são diferenciados. O de técnico de saúde bucal, por ser mais extenso, terá um custo maior que o curso ASB.

Técnico de saúde bucal com funções mais amplas

A promoção da saúde bucal e a prevenção de doenças. Essas duas atividades fazem parte do dia a dia tanto do auxiliar como do técnico de saúde bucal. Mas há funções que são exclusivas daqueles que optaram pela área técnica.

Enquanto que o ASB não pode realizar nenhum procedimento junto ao paciente, os técnicos podem fazer algumas atividades, como a remoção de biofilme dentário e de suturas, por exemplo. Mas sempre com a supervisão do dentista ou cirurgião dentista.

Cabe também ao técnico de saúde bucal a realização de estudos epidemiológicos relacionados à saúde bucal. Esse profissional também pode supervisionar o trabalho do auxiliar de saúde bucal e participar de seu treinamento e capacitação.

Médias salariais diferentes

Os salários do auxiliar e do técnico de saúde bucal também apresentam diferenças. Enquanto que o técnico pode receber de R$ 1.500,00 a R$ 3.000,00, o auxiliar conta salários que variam de R$ 1.000,00 a R$ 2.500,00. Essa variação ocorre conforme a localidade em que o profissional atua e também dependendo do porte das empresas em que é contratado.

Essa variação se deve ainda, pois não há um piso salarial definido em ambas as profissões, apesar de terem sido regulamentadas, por meio da lei 11.889/2008.

Essas informações foram úteis na sua escolha de qual carreira seguir? As funções do auxiliar e do técnico de saúde bucal tem algumas diferenciações, mas para seguir carreira em ambas, os candidatos precisam estudar e se dedicar pelo crescimento profissional.

Precisa de mais algumas dicas sobre as carreiras? Acesse o nosso blog.

técnico de saúde bucal