Mais de 5.000 já recebem nossos e-mails! Receba Também.

Boa mastigação influencia na sua saúde bucal?

0
0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 LinkedIn 0 0 Flares ×

saude bucal

saude bucal

A boca, devido ao ato da mastigação, é onde inicia o sistema digestivo de nosso organismo. Uma boa mastigação consequentemente resultará em um bom processo digestivo. Quando falamos em boa mastigação estamos nos referindo ao uso correto dos dentes, da língua e das bochechas para o processo.

Apesar de ser uma ação mecânica dos indivíduos, a mastigação deveria ser um procedimento mais pensado pelas pessoas para que seja feita da melhor forma. Uma boa mastigação pode trazer diversos benefícios ao nosso organismo, e não somente ao sistema digestivo. Disfunções podem ter consequências no organismo como um todo.

É claro que ao envolver a os dentes, a língua e a cavidade bucal de uma forma geral, a mastigação certamente também influenciará na saúde bucal das pessoas. Aquelas que não fazem a trituração dos alimentos de maneira correta poderão ter alguns problemas relacionados à saúde.

Uso correto dos dentes para a mastigação

O uso correto dos dentes é determinante na saúde bucal dos indivíduos. Mas como saber se estamos usando corretamente nossa arcada dentária? É simples. O processo de mastigação deve ser realizado em ambos os lados da boca, é a chamada mastigação bilateral.

Além disso, os movimentos devem passar de verticais para os rotacionais a medida que o bolo alimentar se forma. Caso somente um dos lados seja utilizado para a mastigação, a saúde bucal acaba sendo prejudicada, já que haverá desgaste maior nos dentes somente do lado em que está sendo mais utilizado.

Além da bilateralidade, há a questão da função de cada grupo de dentes na mastigação. Os incisivos servem para cortar os alimentos, os pré-molares para o processo de trituração, e os molares para a chamada pulverização dos alimentos, quando estes se tornam minúsculas partículas antes da formação do bolo alimentar.

Mastigação errônea aumenta incidência de cáries

Além do desgaste prematuro dos dentes, uma mastigação incorreta irá aumentar a incidência de cáries dentárias, e assim comprometer ainda mais a saúde bucal. O acúmulo do tártaro é percebido por pesquisadores no lado da boca em que não é muito utilizado na mastigação, no caso dela ser unilateral.

A mastigação unilateral também irá acarretar em uma perda óssea do lado não mastigante, já que este não será trabalhado. No processo bilateral, todas as estruturas da boca serão utilizadas e, portanto, fortalecidas.

Boa mastigação beneficia saúde bucal e do organismo

Não é somente a saúde bucal que é beneficiada com uma mastigação correta. Como citamos, ela é o primeiro passo do sistema digestivo. No caso dela ser feita erroneamente pode causar de azia até a gastrite.Alguns tipos de dores de cabeça e até da coluna podem estar relacionadas a mastigação incorreta.

Estudos apontam ainda a má mastigação como um dos fatores da obesidade. O cérebro humano conta com um tempo para processar a alimentação até a saciedade. Com uma mastigação errada, sem que os alimentos sejam devidamente triturados e processados, não há tempo para que o corpo sinta-se saciado.

Mastigação errada pode ter causa em disfunções da cavidade bucal

A mastigação incorreta pode ser a causadora de problemas relacionados à saúde bucal, mas o inverso também pode ocorrer. Uma má oclusão ou próteses mal colocadas podem fazer com que a mastigação seja realizada de maneira incorreta.

A perda de dentes também será determinante no processo, já que cada um deles conta com funções específicas para a mastigação.

Para que a mastigação não acarrete problemas relacionados à saúde, a percepção do processo é uma ótima opção. Pesquisadores apontam entre as causas da mastigação incorreta, a correria do dia a dia das pessoas e aos alimentos da atualidade, que não favorecem uma boa trituração.

Para saber mais sobre como manter sua saúde bucal em dia acesse o nosso blog.

Auxiliar de Saúde Bucal

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 LinkedIn 0 0 Flares ×