Mais de 5.000 já recebem nossos e-mails! Receba Também.

Como cuidar corretamente dos seus objetos de saúde bucal?

0
0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 LinkedIn 0 0 Flares ×

objetos de saúde bucal

objetos de saúde bucal

Escova dental, dentifrícios, fio dental, soluções para bochecho, moldeiras. Usamos diversos objetos e produtos diariamente para melhorar e manter nossa saúde bucal. Geralmente o lugar em que guardamos tudo isso são os banheiros, local onde realizamos a limpeza dental.

Mas o banheiro pode não ser o local mais adequado se levarmos em conta que ele é um ambiente propício para o acúmulo de germes e bactérias. Ainda mais se o local escolhido para guardar os objetos de saúde bucal for próximo ao vaso sanitário.

Ao acionarmos a descarga, após o uso do vaso sanitário, são lançados ao ar coliformes fecais, que podem parar diretamente na escova dental. Nada bom, não é. Portanto vamos elencar neste post qual a melhor maneira para cuidar dos objetos de saúde bucal. Confira:

Escova deve ter proteção

Para evitar que os temidos coliformes fecais alcancem as cerdas das escovas dentais, e posteriormente a boca, as escovas devem contar com protetores. Eles podem evitar que os germes contaminem as escovas.

Mas somente eles não vão resolver a proliferação de germes se o local escolhido para armazenar suas escovas é a pia. Além disso, os protetores devem contar com pequenos furos para que não acabem abafando a escova e contribuindo para a proliferação de bactérias.

Por isso recomenda-se o acondicionamento das escovas a uma distância de pelo menos dois metros do vaso sanitário. E este deve ser mantido sempre com a tampa fechada ao puxar a descarga e quando não estiver em uso.

Além disso, quando uma família guarda suas escovas em um mesmo recipiente, os protetores não permitem que estas ‘troquem’ bactérias, o que pode resultar nas contaminações cruzadas. Lembre-se que as escovas são de uso pessoal.

O acondicionamento errôneo da escova e demais objetos de saúde bucal, pode causar diversas doenças como diarreias, periodontite, faringites, pneumonias. Enfim, uma série de doenças poderão ser evitadas com um armazenamento correto.

Guardando os objetos de saúde bucal

As escovas e demais objetos destinados à saúde bucal podem ser guardados também em algum armário, mas especialistas dizem que não vale locais muito abafados, pois estes podem contribuir para a proliferação de bactérias. Armários amplos e arejados são os mais indicados.

Mas ao guardar em algum armário, as escovas dentais devem ser primeiramente colocadas em um recipiente próprio para as escovas, já que a melhor maneira de acondiciona-las é na posição vertical, para que sua secagem seja adequada.

Após seu uso, as cerdas das escovas devem ter o excesso de água eliminado, mas não com o uso da toalha. O melhor a fazer é deixar um pacote de guardanapos para eliminar o excesso de umidade.

Para manter a saúde bucal

Após a escovação dental, vale ainda borrifar antisséptico bucal para evitar a proliferação de bactérias. Além disso, a troca da escova também deve fazer parte da rotina para manter a saúde bucal. A recomendação é que a troca seja realizada a cada três meses.

Mas em casos de doenças como resfriados, a recomendação é que a troca seja realizada antecipadamente. Isso porque com o acometimento de doenças as bactérias tendem a aumentar, e seu acúmulo nas escovas dentais também.

Como vimos, os objetos destinados à saúde bucal, se não forem armazenados corretamente podem até causar doenças. Por isso, seguir as recomendações de especialistas é essencial para manter a saúde geral em dia. Para saber mais acesse o nosso blog e aproveite nossa dicas.

Auxiliar de Saúde Bucal

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 LinkedIn 0 0 Flares ×