Mais de 5.000 já recebem nossos e-mails! Receba Também.

Como fazer a melhor cotação de materiais para o consultório

0
Como fazer a melhor cotação de materiais para o consultório

Muitos auxiliares em saúde bucal ajudam a fazer as compras e cotações de materiais e instrumentos para o consultório. Como se trata de algo bem importante e que tem tudo a ver com a organização do consultório, vamos ensinar alguns passos para fazer a melhor cotação de materiais para o consultório e garantir qualidade e economia: 

1) Não aceite o primeiro preço

Quantas vezes você já comprou um produto em uma loja e na loja ao lado ele estava com um preço mais baixo? Várias? Isso também acontece nas compras de materiais para o uso profissional. Então, é sempre bom pesquisar e negociar preços com os fornecedores. 

2) Faça pelo menos três cotações

Ter algumas opções ao fazer a cotação é importante para comparação de preços e para negociar o melhor custo-benefício. Ainda assim, ter apenas duas opções não é o ideal, o melhor é apostar em três fornecedores. 

3) Fidelidade é um problema

Ser fiel a apenas um fornecedor pode te trazer problemas. Ele pode te deixar na mão, oferecer custos mais altos ou simplesmente deixar de oferecer os produtos que você precisa. O ideal é comprar um pouco em cada fornecedor ou alterar a compra, fazendo cada período em um fornecedor. 

4) Saiba exatamente o que quer

Alguns materiais variam o tamanho ou função e detalhar exatamente o que você quer, ajuda o fornecedor a fazer o orçamento. E ajuda a não receber produtos errados, gerando mais custos ou transtornos para o consultório. 

5) Preço não é tudo

Às vezes, o produto é realmente caro e o fornecedor não pode negociá-lo. Mas, você pode negociar condições de pagamento, descontos em volumes maiores, tirar a necessidade de dar entrada, entrega mais rápida ou até mesmo aumento na garantia do material.