Mais de 5.000 já recebem nossos e-mails! Receba Também.

Dentes saudáveis na melhor idade

0
0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 LinkedIn 0 0 Flares ×

Idoso é atendido em consultório médico.

Por um bom tempo, foi comum associar automaticamente idosos a dentadura. Mas felizmente não é mais assim. É possível ter dentes saudáveis na melhor idade, com medidas simples que começam bem antes dela chegar.

A população idosa no Brasil não para de crescer. Conforme dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), já são mais de 19 milhões de pessoas com mais de 60 anos no país, ou seja, mais de 14% da população. Este número deve quadruplicar até 2060.

Grande parte destas estatísticas se deve a melhoria da qualidade de vida da população. Mas será que a qualidade de vida pode ser vista em todos os aspectos da saúde dos idosos?

Um levantamento realizado em 2010 pela Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo (USP) apontou que quase 80% dos idosos brasileiros tinha menos de 20 dentes. Além disso, o estudo constatou que metade das pessoas entrevistadas, entre 35 e 45 anos, já havia perdido ao menos 12 dentes.

Há alguns anos, a perda da dentição até poderia ser vista como natural, já que a única solução era a remoção dos dentes. Mas hoje em dia não. Veja como ter dentes saudáveis na melhor idade:

1. Prevenção deve apresentar resultados futuros

No caminho pra melhorar essa realidade apontada pela pesquisa, o acesso aos profissionais da Odontologia está mais facilitado devido aos programas implantados no Sistema Único de Saúde (SUS), como o Brasil Sorridente, por exemplo.

Com as novas políticas públicas e com equipes da Odontologia atuando em Postos de Saúde, as crianças e os jovens tendem a dar mais importância à saúde bucal, chegando à melhor idade com dentes mais saudáveis.

2. Cuidados com a higiene bucal para garantir dentes saudáveis na melhor idade

Para contar com dentes saudáveis na melhor idade, os cuidados com a higiene bucal devem ser redobrados. Conforme especialistas, os procedimentos básicos devem ser os mesmos: escovação, uso do fio dental e do enxaguante bucal.

A diferença é que, com o passar dos anos, os dentes podem ficar mais afastados e, por isso, o uso de escovas interdentais pode ser recomendado.

Outra questão que merece atenção entre os idosos, é o problema relacionado ao uso de medicamentos, que pode acarretar a chamada ‘boca seca’ e trazer com ela outros problemas bucais. Nestes casos, é aconselhável a troca dos medicamentos com orientação médica.

3. Higienização de próteses

Como percebemos na pesquisa da USP, é grande a população idosa que conta com dentes já extraídos. Portanto, devem utilizar próteses no local dos dentes faltantes. É importante ressaltar que as próteses também devem ser higienizadas frequentemente, para que não sejam foco de bactérias e causadoras de doenças. Para isso, o idoso deve contar com uma escova apropriada.

Importante: vá ao dentista

E para manter os dentes saudáveis na melhor idade, o acompanhamento do dentista é essencial. Ainda são poucos no país os profissionais da Odontogeriatria, mas a classe está em discussão e estuda a melhor forma de inserir a especialidade nas graduações, para assim formar novos profissionais.

O envelhecimento da população é uma tendência, portanto há a necessidade da especialização. Todos os profissionais da saúde devem estar preparados para melhor atender os idosos, inclusive os profissionais ligados à saúde bucal.

Devemos lembrar ainda que manter os dentes saudáveis na melhor idade, é essencial para a saúde em geral dos idosos. Mantendo a função mastigatória da melhor maneira possível, a terceira idade consegue manter uma dieta equilibrada e, portanto, saúde para evitar outras doenças.

Gostou do artigo? Em nosso blog tem muito mais informação.

 

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 LinkedIn 0 0 Flares ×