Mais de 5.000 já recebem nossos e-mails! Receba Também.

Economia no consultório: 3 dicas simples para o ASB

0

Idoso é atendido em consultório médico.Poupar dinheiro pode ser, muitas vezes, uma tarefa difícil, mas nós garantimos que sempre vale a pena! No post desta segunda-feira, nós separamos três dicas simples para que você, Auxiliar de Saúde Bucal (ASB), também ajude na economia no consultório odontológico onde trabalha.

Vamos a elas?

1. Caixa
Controlar o fluxo de caixa é fundamental para que haja economia no consultório. Anote o quanto de dinheiro entra e o quando sai. Assim, fica mais fácil de saber para onde vai a maioria dos lucros e se dá para economizar ainda mais.

Aqui no blog, já falamos sobre como o ASB pode, sim, dar uma mão em tarefas de secretariado. Uma delas é justamente o controle do caixa.

2. Água e luz
Se a conta de água não baixa de jeito nenhum, converse com o seu chefe sobre a possibilidade de colocar um dispositivo de economia no consultório. A instalação é feita por empresas especializadas e o equipamento pode reduzir em 10% o valor da fatura.

Quanto à energia elétrica, você também pode sugerir que aparelhos eletrônicos que são mais antigos sejam substituídos por versões mais modernas deles. A troca pode levar à diminuição na conta de luz. Ainda há outras alternativas mais simples, como adotar lâmpadas fluorescentes ou de LED.

Não esqueça de nunca deixar torneiras pingando e de ficar de olho em vazamentos. Apague também a luz sempre que sair de um cômodo.

3. Materiais
Por fim, mantenha o estoque organizado para evitar comprinhas de última hora de materiais para o consultório odontológico. Em outro post do blog, a gente fala mais sobre como preservar o estoque em ordem.

Outra recomendação para encontrar um orçamento mais barato e, assim, garantir uma economia no consultório, é procurar mais de um fornecedor e fazer cotações.

Tem alguma outra dica prática que possa ajudar na economia no consultório odontológico? Conte para a gente nos comentários!