Mais de 5.000 já recebem nossos e-mails! Receba Também.

3 erros na esterilização para nunca mais cometer

0
Awesome

3 erros na esterilização para nunca mais cometer

A esterilização faz parte da rotina de qualquer consultório odontológico. Listamos 3 erros na esterilização para nunca mais cometer – independentemente de quem for o responsável pela tarefa: o Auxiliar de Saúde Bucal (ABS), o Técnico em Saúde Bucal (TSB), o instrumentador cirúrgico, o dentista ou qualquer outro profissional da área.

1 – Não seguir as normas de biossegurança

O primeiro dos três erros na esterilização é não seguir à risca as normas de biossegurança.

Hospitais, consultórios odontológicos e outros locais que cuidam da saúde da população têm manuais de biossegurança que servem para ajudar os profissionais na hora de esterilizar os instrumentos utilizados no dia a dia. Na odontologia, o passo a passo inclui limpeza, seleção da embalagem, montagem dos pacotes e estocagem.

Em outro post aqui do blog, falamos mais sobre como fazer uma esterilização eficiente. É sempre importante ficar de olho nos manuais para não pular nenhuma etapa, afinal, cada uma delas tem grande importância na hora de combater os micróbios!

2 – Esterilizar só o que foi usado na consulta

Nem sempre o dentista usa todos os instrumentos odontológicos que o ASB ou o instrumentador cirúrgico separou.

Na hora da esterilização, porém, é preciso que todos os materiais que ficaram sob a bandeja durante a consulta sejam bem higienizados, tenham sido utilizados ou não. Isso porque é bem possível que um contamine o outro mesmo sem que tenha havido o contato direto.

3 – Esquecer que a esterilização tem validade

Ainda não existe um consenso sobre a validade da esterilização de um instrumento odontológico. Vigilantes sanitários, entretanto, recomendam que o prazo seja de sete dias se o pacote em que o objeto está guardado estiver íntegro e seco.

Em condições diferentes dessas, é preciso retomar todo o processo desde o início.

É importante lembrar que, na hora de encerrar o ciclo, o responsável pela tarefa deve sempre colocar a data de vencimento no pacote. Os que tiverem as validades mais próximas, claro, precisam sair antes do estoque. Esse pequeno cuidado ajuda na hora de evitar erros na esterilização.

Falando em esterilização, você sabe de cor os nomes de todos os instrumentos odontológicos? Faça o teste e nos conte nos comentários o resultado!