Mais de 5.000 já recebem nossos e-mails! Receba Também.

O item que não pode faltar para a higienização bucal completa

0
O item que não pode faltar para a higienização bucal completa

O fio dental é um dos maiores aliados para uma higienização bucal completa. Ele alcança lugares em que escova de dentes não consegue, promovendo a limpeza total da boca e protegendo-a de doenças.

Muita gente, porém, ainda tem dúvidas sobre os modelos e o uso desse produto. No post desta sexta-feira, a gente fala mais sobre ele.

Ainda que o nosso post esteja bem completinho, nós lembramos que as melhores orientações devem vir do seu dentista de confiança!

Isso porque o profissional leva em consideração o tamanho da boca, dos dentes, a habilidade ou dificuldade, a condição e disposição financeira do paciente na hora de escolher a melhor opção.

Dicas de ouro para uma higienização bucal completa

O fio dental deve ser utilizado em todas as escovações, seja antes ou depois. É ele quem ajuda na remoção da placa bacteriana e de restos de alimentos nas faces interproximais ou interdentais.

Para garantir a eficácia da utilização, a dica dos especialistas é retirar pelo menos 40 centímetros do produto da embalagem. Isso para que seja possível enrolar pedaços nos dedos, facilitando a limpeza.

Outra dica importante, mas que ainda pouco praticada, é não reutilizar as partes que já passaram pelos vãos dos dentes.

Como comprar o melhor fio dental?

Na hora de comprar, o consumidor encontra diferentes tipos de fio dental. Assim como para outros itens de higiene bucal, há sempre uma indicação.

Os mais recomendados são os que têm politetrafluoretileno na composição. Eles não esgarçam, nem machucam a gengiva. Também têm uma superfície de contato maior com o dente.

Entre esses, os melhores, conforme os especialistas, são os não encerados.

E quem usa próteses e aparelhos?

Para quem usa prótese ou aparelho, o fio dental fica ainda mais essencial para uma higienização bucal completa. Tanto que, para esses casos, existem produtos específicos. Eles costumam ter três partes

  • 1º: Uma extremidade mais rígida para que seja possível inseri-la sob os aparelhos ortodônticos, pontes e afins;
  • 2: Uma rede de fibras esponjosas, que limpa de forma eficaz as superfícies interproximais;
  • 3º: Um fio dental regular para a limpeza entre os dentes.

Por fim, a gente reforça que não existe uma idade exata para começar a usar o fio dental. A sugestão é que ele faça parte da higienização bucal a partir de quando os dentes da criança começarem a se aproximar!

Quer saber mais sobre saúde bucal? Então, não deixe de acessar o nosso blog e conferir os nossos posts às sextas-feiras. Até mais!