Mais de 5.000 já recebem nossos e-mails! Receba Também.

Quando é hora de voltar ao dentista?

0

De 2018 em diante, deixe para trás o péssimo hábito de voltar ao dentista só quando não conseguir suportar mais aquela dor de dente. A visita ao consultório odontológico deve ser regular. Assim, é possível prevenir e também identificar precocemente as doenças que insistem em tomar conta dos nossos dentes e da nossa boca.

Prevenção e tratamento de doenças

Em consultas rotineiras, o dentista pode identificar os primeiros sinais do câncer de boca – sabe a ferida na boca que incomoda há mais de 15 dias e  não cicatriza? O diagnóstico precoce leva à eliminação de lesões pré-cancerígenas. Quando o tumor é diagnosticado no início e o paciente é rapidamente tratado, a chance de cura é grande.

Ainda no consultório odontológico, o dentista consegue dar fim à gengivite. Essa inflamação na gengiva acontece porque uma película viscosa e incolor de bactérias se formou nos seus dentes e na sua gengiva. A placa é formada quando a higiene bucal não está sendo bem feita.

Se diagnosticada no estágio inicial, a doença pode ser facilmente tratada pelo dentista. Isso porque ainda não foram atingidos os ossos e o tecido conjuntivo que mantém os dentes no lugar. Se não for tratada, a gengivite pode evoluir para casos mais graves, como a periodontite. Aí, é possível até mesmo perder os dentes.

Ao voltar ao dentista, você pode tirar dúvidas do dia a dia sobre hábitos higiênicos e alimentares: será que o café mancha mesmo os dentes?

Qual a frequência?

A recomendação é a de voltar ao dentista de seis em seis meses. Na verdade, a frequência varia conforme a necessidade de cada paciente. Um período menor, de quatro em quatro meses, pode ser indicado, por exemplo, para crianças que estão em tratamento contra a cárie.

Tratamento continua em casa

Depois da visita ao consultório odontológico, basta cuidar da saúde bucal em casa. Por isso, passe fio dental e escove sempre os dentes depois de todas as refeições; tenha uma alimentação balanceada, com bastante frutas, verduras e legumes; evite fumar e beber em excesso. E não esqueça de voltar ao dentista!

Todo o cuidado que você tem com o seu corpo deve ser estendido à boca e aos dentes. Para ler mais sobre saúde bucal, acesse o nosso blog.