Mais de 5.000 já recebem nossos e-mails! Receba Também.

4 maneiras de prevenir as doenças bucais

0
0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 LinkedIn 0 0 Flares ×

doenças bucais

Cuidados básicos da higiene bucal são essenciais para se prevenir doenças. Pessoas saudáveis, que não têm uma predisposição a desenvolver algumas enfermidades, podem ficar livres das doenças bucais mais comuns.

E em todos os casos, a prevenção é o melhor remédio. Com a saúde bucal não é diferente. Cáries dentárias, doenças periodontais e a halitose, por exemplo, são doenças inflamatórias facilmente combatidas. Bastam alguns cuidados diários.

Neste post vamos dar algumas dicas de como as pessoas podem agir para prevenir as doenças bucais. E as que contam com alguma predisposição devem redobrar esses cuidados para ficar longe delas.

1. Escovação correta e com a frequência adequada

É básico demais? Mas vale a dica, não é? Escovar os dentes no mínimo duas vezes ao dia. O mais recomendado é sempre após as refeições, mas há quem se refira ao mínimo de vezes que devemos escovar nossos dentes diariamente.

Como já citamos em nosso blog, doenças bucais como a cárie dentária e as doenças periodontais se desenvolvem devido ao acúmulo do biofilme dentário. E esse acúmulo se deve à falta de higienização da boca.

Vale lembrar que o biofilme dentário é formado com a junção das bactérias e da saliva da cavidade bucal. Essas bactérias são comuns na cavidade, mas tendem a aumentar ao ingerirmos alguns tipos de alimentos, como doces, por exemplo. Por isso é que a escovação após as refeições é recomendada.

Além da escovação, a dica é evitar ingerir os alimentos que mais provocam cáries entre as refeições, já que tendemos a não escovar os dentes nesse período.

E quando citamos a escovação nos referimos a uma correta escovação. Inclusive com uma escova adequada.

2. Uso do fio dental

O esquecimento é o principal motivador da falta de uso do fio dental. Mas ele faz uma falta na higienização. Isso porque há locais da cavidade bucal impossíveis de serem alcançados somente com a escova de dente. A frequência indicada é uma vez ao dia. Assim como a escovação o fio dental é aliado para prevenir as doenças bucais.

Apesar de ser importante, uma pesquisa feita pelo Instituto Datafolha, encomendada pelo Conselho Federal de Odontologia (CFO) em 2014 apontou que apenas 57% dos brasileiros faziam uso do fio dental.

3. E o enxaguante bucal?

Esta é uma etapa importante da higienização, e também necessária para evitar as doenças bucais. Mas cuidado para não exagerar na dose dos enxaguantes. Quando usados em excesso eles podem causar o ressecamento da boca e até problema nos dentes.

Os dentistas destacam a importância dos enxaguantes, pois estes contêm substâncias que ajudam a proteger os dentes e gengivas. Fique de olho na composição, alguns contém somente flúor, outros tipos de álcool e também os chamados colutórios.

Para saber sobre qual produto mais indicado para finalizar a higiene bucal após o uso do fio dental, converse com seu dentista.

4. Ajuda profissional para evitar as doenças bucais

Cuidados diários e visitas periódicas aos dentistas podem evitar o aparecimento das doenças bucais, ou deixar os tratamentos mais fáceis, caso as alterações sejam percebidas no seu início.

Vale ressaltar que mesmo com a higienização diária, é recomendado a limpeza mais profunda realizada nos consultórios dentários. Esta deve ser feita pelo dentista a cada seis meses e ajuda a evitar o aparecimento das placas dentárias e tártaros.

Ao aliar todos esses cuidados, os pacientes podem evitar o aparecimento de muitas doenças bucais. Converse com seu dentista sobre seus cuidados diários e verifique se está realizando corretamente. Assim estará ajudando a manter sua saúde dental em dia. Para saber mais sobre cuidados e doenças bucais acesse nosso blog.

doenças bucais

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 LinkedIn 0 0 Flares ×