Mais de 5.000 já recebem nossos e-mails! Receba Também.

Mau hálito: Conheça 5 formas de combatê-lo

0

mau hálito

mau hálito

O mau hálito pode trazer diversos transtornos na vida de uma pessoa. Seja na vida social ou amorosa, esta questão pode significar limitações para quem sofre de halitose – o mau hálito crônico. Pessoas podem até ficar mais introvertidas e temerem o contato com outras, já que em uma simples conversa é possível detectar o problema.

O mau hálito pode até significar uma má higiene bucal, mas ele pode estar associado a outras questões que vão além de uma boa escovação. As pessoas que sofrem com a halitose devem procurar a ajuda de profissionais para que este problema não acabe afetando mais severamente suas vidas.

O profissional mais indicado para detectar as causas do mau hálito é o dentista. Mas para evitar aquele cheiro desagradável na cavidade bucal as pessoas podem adotar hábitos saudáveis no seu dia a dia. Neste artigo vamos mostrar algumas formas de combater a halitose. Acompanhe:

Diga não ao tabagismo

Além de diversos problemas para a saúde, o tabagismo também está entre os causadores do mau hálito. O cheiro desagradável está associado a algumas das quatro mil substâncias nocivas presentes no cigarro, que causam problemas não só na cavidade bucal, mas em todo o corpo dos fumantes.

Em fumantes, a halitose se deve a alterações na superfície da língua, que passam a reter mais partículas. Além disso, o tabagismo acarreta a chamada ‘boca seca’, outra causa frequente do mau hálito. A boca seca pode aparecer também devido a ingestão de alguns medicamentos.

A boca seca é associada ao mau hálito, pois a saliva colabora com a higienização da boca, inibindo a proliferação das bactérias. A falta de saliva, portanto, faz com que o número de bactérias aumente na boca acarretando o mau hálito.

Bebidas alcoólicas também estão associadas ao mau hálito

As bebidas alcoólicas também podem causar o temível mau hálito. Elas contribuem de diversas formas para o odor na cavidade bucal. Um deles seria a desidratação que causa no corpo, e também na boca provocando a boca seca.

Além disso, o álcool apresenta efeito nocivo por onde passa. No esôfago pode causar azia e refluxo e no estômago aumenta o ácido gástrico. Todos estes fatores colaboram para o aparecimento do mau hálito. Portanto evite abusar das bebidas alcoólicas.

Higiene bucal completa

Uma higiene bucal completa também pode ajudar no combate ao mau hálito. Como falamos acima, o aumento do número de bactérias na boca estão entre as causas da halitose, e para evitar essa proliferação nada melhor que uma boa escovação dentária.

Além da escovação, o uso do fio dental é importante, pois com ele é possível retirar as partículas que não foram alcançadas com a escova. Lembre que os restos de alimentos podem permanecer na boca caso não haja uma boa higienização. Restos de alimentos aliados a proliferação de bactérias certamente resultarão no mau hálito.

Uma boa higiene bucal também pode evitar o aparecimento de doenças bucais, como as periodontais, por exemplo. E estas também estão entre as causas da halitose.

Escovação da língua 

Uma etapa muito importante da higiene bucal e que ajuda a combater o mau hálito é a escovação da língua. Apesar de ser muito importante este é um hábito que não é adotado por muitas pessoas.

A língua é o espaço com mais concentração de bactérias, e se não há limpeza adequada acaba ficando com aspecto esbranquiçado, ocasionando a chamada saburra lingual, outra causa frequente da halitose.

Visitas periódicas ao dentista

Todas as práticas acima devem ser adotadas e aliadas às visitas periódicas ao dentista. É ele o profissional que irá apontar as causas do mau hálito, que, como dissemos, pode estar relacionado a diversos fatores. Alguns deles podem até não estar relacionados a cavidade bucal, mas sim a outras infecções do organismo.

Com certeza ao adotar todos estes hábitos as pessoas passam longe do mau hálito. É importante ressaltar que a halitose pode aparecer também conforme o consumo de alguns alimentos. Mas o odor tende a passar conforme o organismo processa este alimento. Um exemplo disso é o alho.

Ao acordar as pessoas também tendem a ter o mau hálito. O normal é que ele passe após a primeira escovação ou com a alimentação. Fique atento e permanece com bons hábitos! Em nosso blog você pode saber mais sobre a saúde bucal.

Auxiliar de Saúde Bucal