Mais de 5.000 já recebem nossos e-mails! Receba Também.

Carvão ativado e o perigo do seu uso no clareamento dental

0

Os perigos do carvão ativado no clareamento dental

Não é de hoje a busca das pessoas por produtos milagrosos que clareiem os dentes. De um lado, estão as que gastam rios de dinheiro com qualquer novidade que surge no mercado e que nem sempre funciona. Do outro, as que apostam em receitas baratas e caseiras, como limão misturado ao bicarbonato de sódio e carvão ativado.

O carvão ativado, aliás, está na moda. Usado no tratamento da água e na indústria de produtos alimentícios e farmacêuticos pelo seu poder de clarificação, desodorização e purificação, o produto tem feito a cabeça de muita gente mesmo sem ter uma eficácia comprovada no clareamento dental.

Especialistas afirmam que não há estudos que comprovem que o carvão ativado deixa o sorriso mais branco. O que se sabe é que o material até pode remover a placa bacteriana e manchas superficiais dos dentes. A sua ação abrasiva, porém, provoca consequências graves, como o desgaste, a erosão e a exposição da raiz dentária.

Essas implicações do carvão ativado deixam o esmalte dentário mais poroso, quebradiço e suscetível a cáries. A Associação Brasileira de Odontologia (ABO), por exemplo, repudia o uso dele e afirma que receitas caseiras como essa não têm capacidade de clarear os dentes.

Esqueça o carvão ativado

Por isso, preste bem atenção aos produtos que influenciadores digitais recomendam nas suas publicações. Se você quer dentes mais claros e saudáveis, a melhor saída é procurar um dentista de confiança para que ele avalie a melhor opção para você. Hoje, existem tratamentos para todos os bolsos!

E não se esqueça que a melhor maneira de manter um sorriso branquinho em casa é usando escova de dentes, creme dental e fio dental da maneira correta. Outros cuidados diários também podem ajudar, como evitar comidas e bebidas com pigmentação muito forte, como café, vinho e molhos escuros.

Quer saber mais sobre clareamento dental? Acesse o nosso blog! Lá, a gente responde se o tratamento dói como dizem por aí. Tchau! 🙂