Mais de 5.000 já recebem nossos e-mails! Receba Também.

Como funcionam as pastas para dentes sensíveis?

0

Como funcionam as pastas para dentes sensíveis?

Você já sentiu aquela fisgada repentina e passageira depois de consumir bebidas e alimentos quentes, frios, doces ou ácidos? Incomoda, não é? A sensibilidade dentinária é um problema comum e causado por diferentes motivos. Neste post, falamos das pastas para dentes sensíveis e de como elas podem ajudar a dar fim ao incômodo.

O que é sensibilidade dentinária?

Em condições normais, a dentina – que é a camada interna que envolve o nervo – é coberta pelo esmalte da coroa e a gengiva ao redor do dente. Com o tempo, o esmalte pode ficar desgastado, reduzindo a proteção.

Veja, abaixo, o que pode causar o desgaste:

  • Bruxismo;
  • Consumo frequente de bebidas e alimentos ácidos;
  • Gengivite;
  • Força na escovação;
  • Escovas dentais inadequadas;
  • Cremes dentais abrasivos;
  • Produtos caseiros para clareamento;
  • Medicamentos.

Como funcionam as pastas para dentes sensíveis?

Se a causa da sensibilidade for a exposição da dentina, há providências que você e o seu dentista podem tomar para reduzi-la, como o uso de pastas para dentes sensíveis.

E como funcionam? Bem, esses cremes dentais podem agir de três maneiras:

  • Na própria terminação do nervo, evitando que os estímulos sejam sentidos pelo cérebro;
  • Bloqueando os poros presentes na camada do dente, impedindo que estímulos cheguem ao nervo;
  • Regulando a saliva para que a estrutura do dente receba minerais e proteja a camada exposta.

Para cada ação, o componente ativo na pasta é diferente. A mais eficaz para cada paciente é que a age melhor na causa da sensibilidade – ou seja, cada caso é um caso.

Como existem muitas razões, é importante que o cenário seja avaliado por um dentista de confiança. Só ele pode indicar o tratamento ideal.

Quer saber mais sobre saúde bucal? Então, acesse o nosso blog. Lá, nós falamos mais sobre como escolher a escova de dente ideal, como tratar o bruxismo e como curar a gengivite. Até logo!