Mais de 5.000 já recebem nossos e-mails! Receba Também.

Rotina de estudos produtiva em 5 passos

0

rotina de estudos produtivaÉ engano de quem pensa que um curso online é mais fácil do que um presencial. Acompanhar as aulas exclusivamente pela internet é um desafio: é preciso ter disciplina, organização e foco. Só assim é possível conciliar o aprendizado com as tarefas do dia a dia e manter uma rotina de estudos produtiva.

Hoje, separamos dicas de como você pode conquistar uma rotina de estudos produtiva estudando online e de casa mesmo. Os cinco passos são especiais para quem faz ou tem interesse em fazer o Curso de Auxiliar de Saúde Bucal (ASB), que é todo pela internet:

1.Organização e planejamento: organize os conteúdos que você precisa estudar, assim como os exercícios e os trabalhos. Depois, planeje quanto tempo vai dedicar para cada atividade. Leve em conta o nível de dificuldade, o seu período disponível e também o horário em que você rende mais.

2. Ambiente: aprender pode ficar mais fácil se você estiver em um ambiente tranquilo e organizado. Na cama ou na mesa, procure um lugar afastado das perturbações.

3. Distrações: a internet permite que você encontre uma infinidade de materiais ótimos de estudo. Ao mesmo tempo, ela oferece distrações muito tentadoras, como as redes sociais. Deixe para checá-las antes ou depois de estudar. Caso contrário, fica um pouco difícil manter uma rotina de estudos produtiva.

4. Resumos: faça resumos dos conteúdos; eles ajudam muito, especialmente em época de provas.

5. Pausas: evite estudar horas e horas seguidas. Descanse entre um conteúdo e outro. Pare, beba uma água, ouça uma música relaxante, saia para tomar um ar… Só não durma! Vai que você perde a hora, não é mesmo?! E quando for para dormir, procure dormir bem. Estar descansado é importante para uma rotina de estudos produtiva.

Hoje, a Educação a Distância (EAD) é a modalidade de ensino que mais cresce no Brasil e no mundo. Ainda não tem certeza de que estudar online pode ser uma boa opção?! Não tem problema. Separamos, no nosso blog, quatro bons motivos que podem convencer você.