Mais de 5.000 já recebem nossos e-mails! Receba Também.

Saburra lingual: conheça uma das principais causas do mau hálito

0
Saburra lingual: conheça uma das principais causas do mau hálito

O mau hálito pode ter muitas causas. Neste post, falamos, especificamente, sobre uma delas: a saburra lingual, que, aliás, pode ser controlada por você mesmo. Ou seja, não tem desculpa para estar com o cheiro ruim na boca. Para saber mais, continue acompanhando este post.

Como dissemos, o mau hálito pode ser provocado por diversos motivos. A maioria dos casos, de acordo com dentistas, são doenças bucais – quase 90%. Em segundo plano, estão problemas de saúde em geral, que podem incluir desde alimentação a tratamentos médicos.

Cada uma das razões produz um odor característico. Para descobrir qual é, apenas um especialista na área. Além do diagnóstico, é ele quem vai indicar qual o melhor tratamento.

Saburra lingual: o que é e como evitar

No entanto, aqui no blog, o assunto hoje é o acúmulo de saburra lingual. Esse é o nome dado ao acúmulo de restos alimentares, células mortas de tecidos bucais e bactérias que se acumulam na superfície da língua.

No decorrer do dia, essa “mistura” pode gerar um cheiro desagradável. A boa notícia é que a saburra é fácil de ser identificada. Basta projetar a língua para frente e olhar no espelho. Se ela estiver esbranquiçada ou amarelada do meio para o fundo, significa há grandes chances de haver mau hálito.

Normalmente, a ponta da língua não acumula saburra. Então, se ela estiver toda rosada, do começo ao fim, provavelmente, está tudo bem!

Mas, agora, uma informação importante: nem sempre conseguimos sentir o nosso hálito – na verdade, o nosso cheiro em geral. E dificilmente alguém vai falar nos falar sobre o problema para evitar constrangimento. Então, atenção! Para evitar a halitose – nome dado ao mau hálito – basta caprichar na higiene bucal. E beber bastante água!

Ao escovar os dentes, escove também a língua inteira e não se esqueça de passar o fio dental. Se você não consegue ou tem dificuldades, procure o seu dentista. Ele pode não só ensinar técnicas de escovação, como também recomendar uma escova lingual. Aí, não tem erro!

Mais no Blog ASB

Em nosso blog, também tem dicas para manter a higiene bucal em dia. Não deixe de conferir! Até a próxima.