Mais de 5.000 já recebem nossos e-mails! Receba Também.

Soluções para bochecho. Qual usar?

0

soluções para bochecho

soluções para bochecho

No mercado ou na farmácia, ao procurarmos pelos produtos e materiais que nos ajudarão a manter a saúde bucal em dia nos deparamos com uma diversidade deles. Marcas e propósitos diversos. Seja para escovas, dentifrícios, fios dentais ou para as soluções para bochecho. Aí vem a dúvida, qual comprar?

As escovas dentais e as pastas ou géis são mais fáceis de se adquirir, e de uso comum para a grande maioria das pessoas. Já os fios dentais e as soluções para bochecho, apesar de serem fundamentais para a higiene bucal, não são de uso comum de muitas pessoas.

Estudo do Conselho Federal de Odontologia (CFO) sobre “Hábitos, atitudes e comportamentos em Saúde Bucal”, apontou que apenas 57% das pessoas utilizam o fio dental. Porcentagem menor ainda para as pessoas que utilizam no seu dia a dia as soluções para bochecho, apenas 51% das pessoas afirma utilizar.

A frequência de uso das soluções para bochecho também foi questionada na pesquisa. Sendo que 20% utiliza mais de uma vez ao dia, 18% apenas uma vez, e 8% algumas vezes por semana. E você, sabe qual solução utilizar e a frequência ideal?

Indicações de uso das soluções para bochecho

Você já deve ter notado que há indicações para uso nas diversas soluções para bochecho disponíveis no mercado. Enxaguante bucal para uso noturno, anticáries, mau-hálito ou para o clareamento dental. E qual destes é o melhor para você?

Essa questão deve ser definida com base na indicação de seu dentista. Por isso o acompanhamento periódico do profissional para verificar a sua saúde bucal é imprescindível.

Há pessoas que contam com maior propensão para a formação do biofilme dentário e das cáries, por exemplo. Neste caso a indicação do dentista pode ser pelo enxaguante anticárie, os fluoretados.

Antisséptico com ou sem álcool

Aqui também vale a indicação do dentista. Mas adiantamos que o uso de soluções para bochecho com álcool não podem ter uso contínuo. Estas podem alterar a flora bucal. Neste caso, as pessoas que exageram no seu uso acabam por não sentir mais o gosto dos alimentos.

Além do álcool, os antissépticos podem conter outras substâncias em suas fórmulas, como antibióticos, por exemplo. Estes também devem ser indicados pelos profissionais da Odontologia.

Soluções para bochecho devem fazer parte da rotina de higiene bucal

Perguntou para o seu dentista a fórmula ideal e a frequência indicada para você? Depois disso, não deixe de utilizar as soluções para bochecho em sua rotina diária de higiene bucal. Ela é parte importante para deixar os dentes e a boca saudáveis.

Hálito refrescante, proteção contra a alta proliferação de bactérias e até dentes mais brancos. São diversos os benefícios dos antissépticos quando utilizados da maneira correta. Lembre-se que ele deve finalizar a rotina da higiene. Uso do fio dental, escovação e os enxaguantes.

Para sua utilização basta seguir a indicação do produto mesmo. A sua tampa serve como copinho para indicar a medida para o bochecho. 30 segundos são suficientes para manter a boca saudável. Após seu uso evite o enxague com água para que seu efeito não seja diluído.

Atenção na hora de usar os enxaguantes bucais, eles não devem ser engolidos, sob o risco de causar náuseas e até mesmo diarreias.

Viu só como é importante contar com todos os hábitos da higiene bucal. Estes três passos: escovação, fio dental e soluções para bochecho, podem deixar longe as doenças bucais. Passos simples e que não demandam muito tempo. Saiba mais sobre saúde bucal em nosso blog.