Mais de 5.000 já recebem nossos e-mails! Receba Também.

Tratamento de canal: tudo o que você precisa saber

0

paciente com medoO tratamento de canal geralmente é indicado ao paciente que tem uma cárie em processo avançado. Também é recomendado para os traumas dentários, sejam agudos ou crônicos. No passado, esses dentes que ficavam doentes eram extraídos com frequência. Com o tratamento de canal, o dentista resgata a saúde do dente, impede que ele seja retirado e evita problemas mais graves.

Sintomas

Um dos sintomas que indicam que você precisa, urgentemente, de um tratamento de canal é a dor intensa, latejante. Mas saiba que o dente não precisa necessariamente doer para que ele seja prescrito.

Por isso, vá regularmente ao dentista! Se o dentista suspeita que você precisa do procedimento, vai pedir um raio-x.

Dói muito?

Diz a lenda que o tratamento de canal traumatiza de tão dolorido. Pode até ter sido assim na época dos seus pais e avós. Mas, atualmente, com o avanço da tecnologia, a dor insuportável ficou no passado. Fique tranquilo: logo no início do processo, o dentista aplica uma anestesia local.

Passo a passo

Depois da anestesia, o dentista faz a remoção da área danificada do dente, a limpeza e a desinfecção e, por fim, o preenchimento e o selamento. Todo o processo pode ser feito em uma ou mais consultas.

Cuidados e prevenção depois do tratamento de canal

Quem passa pelo tratamento de canal precisa tomar uma série de cuidados depois de fazê-lo.

A boa higiene bucal é essencial. Por isso, escove os dentes logo depois das refeições e passe o fio dental todos os dias. Também é recomendado visitar o dentista regularmente e evitar mastigar alimentos muito duros.

Essas mesmas dicas valem para quem quer passar longe do procedimento. A prevenção continua sendo o melhor caminho para quem quer ter uma boca saudável.

No nosso blog, também falamos de outros procedimentos, como o para tratar o diastema – o espacinho que fica entre os dentes. Não deixe de ler.