Mais de 5.000 já recebem nossos e-mails! Receba Também.

Você escova a língua? Saiba o que a falta desse hábito pode acarretar

0

escovação lingual

escovação lingual

Já falamos aqui em nosso blog que milhares de bactérias habitam nossa boca. E boa parte delas tendem a ficar na superfície da língua. Seu aspecto rugoso faz com que essas bactérias se fixem e permaneçam por mais tempo no local. Apesar de ser um ambiente propício para a proliferação desses bichinhos, não são todas as pessoas que mantém o hábito faz a  escovação lingual.

Se você está entre as pessoas que não costuma escovar a língua, o recomendado pelos profissionais da Odontologia é que o hábito se inicie o mais breve possível. Desta maneira você consegue evitar a proliferação das bactérias.

É importante ressaltar que inúmeras das bactérias são comuns em nossa boca, mas a higiene bucal deve ser mantida com frequência para que elas não formem colônias que venham a ser transformadas em doenças bucais. E a escovação lingual deve fazer parte da rotina de higiene bucal.

Falta da escovação lingual pode acarretar a halitose

Um dos problemas mais comuns para quem não escova a língua é o famoso mau hálito, a halitose. O acúmulo de bactérias e também dos restos de comida na superfície da língua forma uma crosta branca, a chamada saburra. Esta responsável pelo mau cheiro exalado da boca de muitas pessoas por aí. Mas devemos destacar que o mau hálito também pode ser causado por muitos outros fatores.

Uma língua saudável deve ser rosada. Especialistas destacam que um aspecto esbranquiçado pode até ser comum, mesmo para quem escova a língua. Mas uma camada mais grossa branca, a saburra, é sinal de que a higiene bucal deve ser melhorada.

Não escova a língua? O hábito ajuda a evitar a cárie

Além da halitose, ao escovar a língua você estará evitando outras doenças, como a cárie dentária. Como citamos acima, uma língua saudável tem o aspecto rosado, e costuma ser mais lisa. Ao não escovar a sua superfície, o acúmulo de sujeiras pode levar a um processo descamatório.

Esta descamação é comum para quem não escova a língua, mas acaba acarretando um outro problema: a diminuição da saliva na boca. Já citamos que a saliva é muito importante para manter a saúde bucal. Ela promove uma limpeza natural na cavidade.

E pessoas com a chamada ‘boca seca’ tendem a ter mais propensão para o desenvolvimento das cáries dentárias.

Especialistas orientam sobre maneira correta

Muitas pessoas debitam a falta do hábito de escovar a língua no incômodo que sentem ao realizar a higienização completa. Mas se você sente este incômodo ao realizar a limpeza lingual com sua escova dental, há outros meios que podem ser usados.

Há no mercado odontológico, limpadores e raspadores específicos para promover a higiene da superfície da língua. Estes podem ser utilizados ainda após a limpeza com a escova, para varrer o que restou na superfície da língua e promover uma limpeza mais completa.

Importante ressaltar que a ânsia de vômito relatada por quem  não escova a língua tende a ser amenizada a medida em que a pessoa vai se habituando com esta etapa da higiene bucal. Portanto, não desista nas primeiras tentativas.

E você, escova a língua corretamente? Este hábito pode prevenir o aparecimento da temida halitose e outras doenças como citamos neste post. Saiba tudo sobre a higiene bucal em nosso blog.